Comissão reforçada

Paraná Clube investe na qualificação do seu Departamento de Futebol
Comissão técnica afinada para a largada da temporada 2018.

 

O Paraná Clube segue firme na sua pré-temporada, visando a largada do Campeonato Paranaense. O grupo ainda está em formação, mas a comissão técnica já está afinada e dando todo o suporte ao elenco paranista.

A diretoria decidiu investir não apenas na infra-estrutura do clube – com a implementação de nova academia e mudanças significativas no Ninho da Gralha –, mas também na qualificação de seu staff. Além dos retornos do técnico Wagner Lopes e do auxiliar Sandro Rosa, o Tricolor trouxe outros dois profissionais para reforçar o Departamento de Futebol.

Fisiologia

A área de preparação física conta agora com o fisiologista Tiago Cetolin, 35 anos. Mestre nesta área, está finalizando o doutorado em Bioquímica. “Sou do Rio Grande do Sul e há quase quinze anos trabalho no futebol. Comecei na base do Juventude, fui para o Caxias e logo subi para o profissional, como preparador físico. Desde 2006 passei a atuar especificamente na área da fisiologia”, contou o profissional, que já disputou a Série A pelo Figueirense-SC.

Tiago Cetolin está coordenando toda a captação de dados, nas avaliações dos atletas. Números que serão importantes para o direcionamento das atividades neste início de ano. “Na verdade, criou-se a palavra fisiologista, mas poderia ser coordenador de desempenho esportivo ou similar. O primeiro passo é avaliar os atletas e suas capacidades pertinentes ao futebol. Depois, vem a parte mais trabalhosa, que é o controle de treinamento, interpretar os efeitos do treino no organismo de cada jogador”, explicou. “É algo complexo e que envolve toda a comissão, que precisa ser alimentada de dados precisos diariamente. Sugerimos e orientamos, mas as decisões são sempre do técnico e do preparador físico”, concluiu.

Goleiros

Também na área do campo, o Paraná conta, desde o início da pré-temporada, com o preparador de goleiros Thiago Mehl, 32 anos. Com várias passagens pelas seleções brasileiras de base, inclusive com participação em mundiais, ele chega para reforçar o setor, que conta ainda com Felipe Jorge, remanescente de 2017. “Estou muito feliz com essa oportunidade de trabalhar no Paraná. Estava no Bahia por duas temporadas e torci muito pelo acesso do clube. E nem imaginava que pouco tempo depois estaria aqui”, comentou Mehl, que é natural de Curitiba e tem um histórico familiar de profissionais do futebol.

“Chego num bom momento de minha carreira. Com um acesso e uma participação na Série A, nos dois anos em que estive no Bahia”, recordou Mehl. Por nove anos, ele atuou como goleiro em categorias de base, mas percebeu que não conseguiria emplacar como atleta profissional. “Passei então a me dedicar ao estudo, sempre direcionando minha vida para essa função de preparador de goleiros”, disse. As recentes participações em seleções de base lhe deram maior bagagem e reconhecimento. “É um trabalho gratificante, porque você leva junto o nome do clube no qual você trabalha. Agora, o objetivo é fazer um grande ano pelo Paraná Clube”.

 

Confira a comissão técnica do Tricolor:

Técnico: Wagner Lopes

Auxiliares Técnicos: Sandro Rosa e Ademir Fesan

Preparador Físico: Rodrigo Rezende

Auxiliar de Preparação Física: Victor Hugo Annes

Fisiologista: Tiago Cetolin

Treinadores de Goleiros: Thiago Mehl e Felipe Jorge

 

Departamento de Comunicação - PRC