Em Minas

Paraná Clube volta a jogar no Independência, agora diante do América, às 17h
Richard: time preciosa voltar a vencer.
Foto: Rodrigo Sanches

O Paraná Clube encara, neste sábado (10), o América Mineiro. Já rebaixado, o Tricolor traça como objetivo para a reta final a observação de atletas que poderão estar no grupo ano que vem, mas sem abdicar da busca pela vitória. Para o técnico Dado Cavalcanti, é fundamental aliar essa análise de grupo com bons resultados.

“Já tivemos um bom comportamento na última partida, onde merecíamos a vitória. Vamos tentar esses três pontos em Belo Horizonte”, disse o treinador paranista. Foi justamente diante do América o último resultado positivo do Paraná. Na Vila Capanema, o Tricolor fez 1x0, no dia 22 de julho, pela 14ª rodada do Brasileirão. “É muito tempo sem vencer. Precisamos parar com isso”, reconhece o goleiro e capitão Richard.

Dado Cavalcanti tem procurado dar sequência à formação que, hoje, ele considera a ideal. Assim, no estádio Independência, o Paraná terá apenas uma mudança em relação ao último jogo. Mansur entra na lateral-esquerda, na vaga de Igor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. “É importante a repetição. Acredito muito que a evolução vem a partir dessa sequência. Mesmo sendo um fim de temporada, estou trabalhando dessa forma”, concluiu o treinador paranista.

Retrospecto

Paraná Clube e América Mineiro são tradicionais adversários, desde 1990, quando se encontraram pela primeira vez, na semifinal da Série C. Até aqui, foram 24 jogos, com vantagem para o Coelho: 9 vitórias, contra 5 do Tricolor. Ocorreram 10 empates. Na artilharia, são 15 gols marcados pelo Paraná, contra 22 do América.

Apito

O jogo desta tarde terá a arbitragem de Wagner Reway (Fifa-MT). Ele será assistido por Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS). O quarto árbitro será Renan Antônio Angelim Rodrigues (MT), com os adicionais Rafael Odílio Ramos dos Santos (MT) e Marcos Mateus Pereira (MS).

 

Departamento de Comunicação - PRC