Esclarecimento

Text Resize

-A +A
Indignação da diretoria paranista

O Paraná Clube lamenta a forma irresponsável e fora dos padrões profissionais que o jornal Gazeta do Povo “interpretou” e distorceu as declarações do presidente Leonardo de Oliveira à Rádio Banda B. A matéria publicada na última quinta-feira (25) traz, mais uma vez, um título sensacionalista, fora de contexto e que não representa – em hipótese alguma – o pensamento do presidente e dessa diretoria.

Temos, sim, uma média de público abaixo do esperado, mas jamais imputaríamos ao nosso torcedor a “culpa” por uma dificuldade histórica do nosso clube. Trabalhamos por dias melhores, por equipes competitivas, por estádio cheio e por receitas capazes de nos colocar em outro patamar no cenário nacional.

Mas, hoje, lutamos arduamente para manter as contas em dia é entregar – dentro de nossa realidade – as melhores condições possíveis aos nossos atletas e funcionários.

Mais uma vez o referido jornal deturpa as informações e declarações, o que só denigre a imagem dessa diretoria perante nossa torcida, patrocinadores e parceiros comerciais.

O atual Conselho Gestor sempre assumiu e vai continuar assumindo a responsabilidade por todos os atos praticados. Precisamos do calor de nossa torcida, para empurrar o time é gerar receitas.

Ela é o nosso maior patrimônio.

Então, jamais seríamos levianos ao ponto de imputar a ela a necessidade do clube de, em algum momento, negociar seus jogadores. A saída do Jean foi necessária e, dentro da realidade do clube e do mercado nacional. Reputamos como uma boa transação.

Mantivemos percentuais do atleta para transações futuras e temos certeza que ele ainda trará um grande retorno financeiro ao clube.

Por fim, reiteramos que as informações OFICIAIS do Paraná Clube são repassadas através do nosso site e das redes sociais, de forma parcial e verdadeira.

 

Confira abaixo o áudio da entrevista de Leonardo de Oliveira, na íntegra, à Banda B:

http://www.bandab.com.br/esportes/confira-na-integra-entrevista-do-presidente-leonardo-oliveira-sobre-transacao-de-jean/