Noite de decisão

Paraná Clube encara Londrina por vaga na 3ª fase da Copa do Brasil
Higor Leite será, mais uma vez, o armador paranista.
Foto: Geraldo Bubniak

Adversários recorrentes, no Paranaense ou no Brasileiro, Paraná Clube e Londrina fazem hoje – às 19h15, no Estádio do Café – um jogo inédito. Pela primeira vez duas equipes paranaenses se enfrentam na Copa do Brasil. Uma partida eliminatória e, quem vencer, avança à terceira fase da competição. Em caso em empate, a definição será nas penalidades máximas. O vencedor desse confronto encara Tombense-MG ou Botafogo-PB, que jogam na semana que vem.

O Paraná Clube chega para este duelo animado pelas recentes vitórias, sobre Itabaiana-SE (pela Copa do Brasil) e o próprio Londrina (pelo Estadual). “Vivemos um bom momento, mas ainda temos muito a melhorar. Ainda precisamos oscilar menos durante as partidas”, avisa o técnico Dado Cavalcanti. Ele usa como exemplo justamente o jogo diante do Tubarão, onde a equipe fez um ótimo primeiro tempo, mas recuou em demasia na etapa final e permitiu o crescimento do adversário.

“É um jogo decidido nos detalhes. Uma decisão, sem espaço para erros. Temos que procurar impor o nosso futebol para garantir essa classificação, importante para nós e para o clube”, frisou o lateral-esquerdo Guilherme Santos. “Creio que, na média, temos feito bons jogos. Estou feliz com o meu momento, mas ainda acredito que ainda vamos evoluir. E muito”, comentou.

O Paraná, neste jogo, não terá o atacante Andrey, suspenso. O meia Maicosuel, com um edema muscular, também foi vetado. Dado Cavalcanti não confirmou a equipe, mas deve manter a mesma base dos jogos recentes, apenas com a troca de Andrey por outro atacante. O Tricolor, após a decisão, terá um bom tempo de preparação, já que o próximo compromisso será apenas no dia 10 de março, na largada do segundo turno do Paranaense.

Retrospecto

Pouco mais de uma semana após o confronto pelo Campeonato Paranaense, Paraná Clube e Londrina voltam a se enfrentar, agora pela Copa do Brasil. Um duelo entre rivais tradicionais. Tricolor e Tubarão já se enfrentaram 57 vezes, com 22 vitórias do Paraná e 16 do Londrina. Ocorreram 19 empates. Na artilharia, a vantagem é também do Tricolor, com 79 gols marcados e 59 sofridos.

Arbitragem

O jogo desta noite terá a arbitragem de Leandro Pedro Vuaden-RS. Ele será assistido por Rafael da Silva Alves e Maurício Coelho Silva Penna, ambos do Rio Grande do Sul. O quarto árbitro será Leonardo Sígari Zanon-PR e o analista de campo, Luiz Alberto Alves de Abreu, também do Paraná.

 

Departamento de Comunicação - PRC