Pelo acesso

Text Resize

-A +A
Paraná Clube aposta tudo na vitória sobre o CRB, neste sábado
Grupo confiante num grande jogo, no Rei Pelé.
Albari Rosa

O Paraná Clube, neste sábado (18), tem pela frente um dos jogos mais importantes de sua história recente. Diante do CRB-AL – às 17h30 (horário de Brasília), no Rei Pelé – o Tricolor pode fazer história. Uma vitória pode valer muito mais do que os três pontos: o fim de um tormento que já dura uma década. Caso supere os alagoanos, o time do técnico Matheus Costa pode carimbar o retorno à elite do futebol brasileiro.

Para que o acesso seja definido hoje, além da vitória o Paraná conta com tropeços de Londrina-PR e Oeste-SP, que enfrentam América-MG e ABC, respectivamente. “Vamos em busca dessa vitória. Se não subirmos nesta rodada, seguimos com vantagem para a última”, destacou o capitão Eduardo Brock. O grupo demostra confiança, mesmo após um jogo ruim, em Recife. “Temos consciência de que erramos e isso não vai se repetir. É decisão e não vamos falhar”, comentou o zagueiro.

Matheus Costa, que nas últimas rodadas fez algumas alterações pontuais na equipe, preferiu não antecipar a formação. “Vamos procurar não mexer na estrutura do time. Se trocas ocorrem é porque são necessárias, diante do desgaste de alguns jogadores neste fim de temporada”, resumiu o treinador. Rayan deve seguir na lateral-esquerda e Vitor Feijão mais uma vez será o titular do ataque paranista. “Acima de tudo, precisamos de um time equilibrado e vibrante em campo. Esse jogo vale muito para todos nós. Podemos marcar nossos nomes na história do clube”, frisou Matheus.

Retrospecto

O Paraná Clube leva a melhor no histórico de confrontos com o CRB. São 5 vitórias, 2 empates e apenas 2 derrotas nos 9 jogos realizados até aqui, todos pelo Campeonato Brasileiro da Série B. São 20 gols marcados e somente 10 sofridos. Nos jogos realizados em Maceió: 1 vitória do Tricolor, 1 empate e 2 triunfos do CRB.

Apito

O jogo desta tarde terá arbitragem do Rio de Janeiro. Marcelo de Lima Henrique apita, assistido por Michael Correia e Silbert Faria Sisquim. O quarto árbitro será Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ).

 

Departamento de Comunicação - PRC