Primeiro ponto

Paraná Clube joga bem, mas fica no empate com a Chapecoense, em SC
Silvinho deu trabalho à defesa da Chape.
Foto: Rodrigo Sanches

Não veio a vitória – por mais que fosse merecida –, mas o Paraná Clube conquistou nesta segunda-feira (07) o seu primeiro ponto na Série A do Campeonato Brasileiro. O Tricolor ficou no 1x1 com a Chapecoense, jogando na Arena Conda, em Chapecó. Mais uma vez o time do técnico Rogério Micale teve posse de bola, dominou as ações, mas saiu atrás no placar. Teve forças para buscar o empate e, assim, interromper a sequência de derrotas na competição.

O primeiro tempo foi todo do Paraná. Bem postado e trocando passes com qualidade, o Tricolor conseguiu encurralar o adversário. A velocidade de Silvinho, pela esquerda, era a melhor opção da equipe. As bolas cruzadas, porém, não resultaram em finalizações contra a meta de Jandrei. O goleiro da Chape teve mesmo que trabalhar aos 24 minutos, mostrando reflexo para defender um cabeceio à queima-roupa de Jhonny Lucas. O time da casa só chegou num chute por cima de Wellington Paulista, aos 40 minutos.

No segundo tempo, David também mostrou qualidade ao defender um chute rasteiro de Elicarlos, logo no primeiro minuto. Na sequência, Caio Henrique bateu para o gol, mas a bola desviou na marcação e foi pela linha de fundo. Apesar da boa postura, o Paraná sofreu o gol, aos 17 minutos. Numa cobrança de falta precisa de Arthur Caike, no ângulo direito. O Tricolor não desistiu e aos 22 empatou. Léo Itaperuna fez a jogada e tocou para Carlos encher o pé e marcar 1x1.

Os treinadores foram mexendo no time, mas aos 36 minutos, após uma confusão com Wellington Paulista, Mansur foi expulso. Com um a menos, o Paraná passou a administrar o placar. Mesmo assim, Carlos achou espaço para driblar dois marcadores. Só que o chute saiu por cima do travessão. Final: 1x1. Na próxima rodada, o Paraná vai à Vila Belmiro, domingo, encarar o Santos.

 

Chapecoense 1x1 Paraná Clube

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Elicarlos e Júnior Santos; Wellington Paulista e Arthur Caike. Técnico: Gilson Kleina.

Paraná: David; Alemão, Jesiel, Cléber Reis e Mansur; Torito González, Jhonny Lucas e Caio Henrique; Léo Itaperuna, Carlos e Silvinho. Técnico: Rogério Micale.

Local: Arena Condá (Chapecó-SC)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Renda: R$ 155.770,00

Público total: 7.838

Gols: Arthur Caike aos 17’ e Carlos aos 22’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Cléber Reis e Silvinho (Paraná)

Cartão vermelho: Mansur, aos 36’ do 2º tempo

 

Departamento de Comunicação - PRC