Reação

Wagner Lopes busca melhor desempenho do time e cobra reação do grupo
Matheus Pereira pode estrear hoje, na Vila Capanema.
Rodrigo Sanches

O Paraná Clube entra em campo neste sabadão de Carnaval para buscar a sua primeira vitória no Campeonato Paranaense. Após quatro jogos – com dois empates e duas derrotas –, o Tricolor precisa de pontos para melhorar a sua situação no Grupo A e também da classificação geral do campeonato. “Minha preocupação maior é com o desempenho. Não estamos produzindo no jogo aquilo que estamos treinando”, reconheceu o técnico Wagner Lopes.

Até aqui, o melhor momento da equipe foi na Copa do Brasil, onde o empate (1x1) com o URT, em Minas Gerais, valeu a classificação para a segunda fase. “É claro que essa sequência gera cobranças, principalmente internas. Temos procurado conversar muito, mas trabalhando ainda mais, em busca de um desempenho melhor. Os resultados serão consequência disso”. Para Wagner, a semana foi muito boa, com a possibilidade de realizar melhores ajustes, com os jogadores já adaptados ao clube.

“Não serve de desculpa. Mas, tivemos jogadores chegando e em estágios diferentes de preparação. Então, o trabalho foi procurar garantir um maior equilíbrio físico e técnico”. No jogo desta tarde – às 16h30, na Vila Capanema – frente ao Prudentópolis, a comissão técnica já conta com o meia Matheus Pereira, que chega por empréstimo junto à Juventus, da Itália. “Trata-se de um meia armador de muita qualidade técnica, que busca o passe e também entra entra na área. Gosto de jogador com essa característica”, disse Wagner Lopes, que deve, inicialmente contar com o jogador no banco de reservas.

Retrospecto

O Paraná Clube enfrentou o Prudentópolis FC apenas três vezes, todas no estádio Durival Britto. Três vitórias, nos estaduais de 2014, 2015 e 2017. Antes disso, contra o outro clube da cidade – o Prudentópolis EC – a vantagem também era grande: 6 jogos, com 4 vitórias e 2 empates.

Arbitragem

O jogo de hoje terá a arbitragem de Gustavo Nogas. Ele será assistido por Alexsandro Euzébio da Silva e Roberto Rivelino dos Santos Júnior. O quarto árbitro será João Paulo Kirchner.

 

Departamento de Comunicação - PRC