Restou o Brasileiro

Paraná Clube joga mal e dá adeus ao Campeonato Paranaense 2019
Sciola tentou, mas o time jogou pouco pelos flancos.
Foto: Geraldo Bubniak

O Paraná Clube está fora do Campeonato Paranaense. Um gol de Rodrigão – aos 15 minutos do 2º tempo – determinou a derrota para o Coritiba e a consequente eliminação. O técnico Dado Cavalcanti reconheceu que o adversário foi superior no jogo deste domingo (31), no gramado sintético do Estádio do Pinhão.

Menos de 2.500 pessoas estiveram presentes no clássico, que contou apenas com a torcida do Coritiba, por indicação do Ministério Público. Logo no início, Rodrigão ficou frente a frente com Thiago Rodrigues, mas o zagueiro Eduardo Baurmann foi mais rápido e mandou pra escanteio.

Rodrigão e Giovanni, mais avançados, criavam as melhores chances de finalização, mas sem exigir uma grande intervenção de Thiago Rodrigues. O Paraná, em uma jogada pela esquerda, assustou Muralha. Guilherme Santos bateu cruzado e a bola passou rende à trave. Rodrigão, aos 31 minutos, chegou a mandar a bola pra rede, mas estava impedido.

O Paraná até voltou melhor para o segundo tempo. Porém, aos 15 minutos, após um chutão de Muralha, a bola foi cruzada para Rodrigão, que não perdoou: 1x0. Mesmo com as entradas de Fernando Neto e Andrey, o Tricolor tinha dificuldades para finalizar as jogadas. Aos 34 minutos, Jenison tentou, mas foi “abafado” por Muralha.

A última – e melhor – chance do Paraná veio aos 43 minutos. Itaqui, de falta, exigiu uma grande defesa de Alex Muralha. Com a eliminação precoce, o Tricolor, agora, terá um longo tempo de preparação para a largada do Brasileiro, programada para os dias 26 ou 27 de abril.

 

Coritiba 1x0 Paraná Clube

Coritiba: Alex Muralha; Sávio, Alan Costa, Sabino (Romércio) e Fabiano; João Vitor, Vitor Carvalho, Juan Alano e Patrick Brey; Giovanni (Luiz Henrique) e Rodrigão (Wanderley). Técnico: Umberto Louzer

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Leandro Almeida e Guilherme Santos (Juninho); Jeferson Lima (Andrey), Itaqui e Higor Leite (Fernando Neto); Caio Rangel, Jenison e Alesson. Técnico: Dado Cavalcanti

Local: Estádio do Pinhão (São José dos Pinhais-PR)

Árbitro: Felipe Gomes da Silva

Assistentes: Luciano Roggenbaum e André Luiz Severo

Renda: R$ 60.595,00

Público pagante: 2.405

Público total: 2.448

Gol: Rodrigão aos 15’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Itaqui, Leandro Almeida, Guilherme Santos e Keslley (Paraná). Sávio, Rodrigão, Vitor Carvalho e João Vitor (Coritiba)

 

Departamento de Comunicação - PRC