Tudo igual: 1x1

O juiz distribuiu cartões para o Paraná. No final, empate na última partida antes da Copa
Silvinho comemora o empate diante do Cruzeiro.
Foto: Geraldo Bubniak

O Paraná Clube fechou com um empate – por 1x1, na Vila Capanema – a sua participação na fase pré-Copa do Brasileirão. Diante do Cruzeiro, o Tricolor “sofreu” com a arbitragem do paraense Dewson Fernando Freitas da Silva. Nada menos do que oito jogadores paranistas receberam cartão amarelo e, de quebra, o técnico Rogério Micale foi expulso do banco de reservas.

“Não é fácil jogar assim. Fica complicado, porque você limita a ação dos jogadores. Somos uma equipe que procura jogar na bola e, por isso, acho que houve exagero por parte da arbitragem”, reclamou Micale. No geral, o treinador acredita que os dez pontos conquistados – e os cinco jogos de invencibilidade na Vila – mostram que o Paraná está subindo de produção e tem condições de, após esta parada, se afastar das últimas posições.

O primeiro tempo foi marcado por um Paraná muito recuado e tentando explorar os contragolpes. Só que errando muitos passes, o Tricolor pouco ameaçou a meta do goleiro Fábio. Aos 33 minutos, após manual de Igor, Carlos ajeitou para Thiago Santos, que bateu longe do gol. No final, Robinho, de bico, mandou pela linha de fundo. Nos acréscimos, Raniel quase aproveitou o descuido de Caio Henrique, mas Thiago Rodrigues fez a defesa.

No início do segundo tempo, Raniel obrigou Thiago Rodrigues a mais uma defesa e, na sobra, Robinho chutou pra fora. Micale tentou mudar o ritmo do jogo com as entradas de Guilherme Biteco e Jhonny Lucas. Mano Menezes respondeu com Patrick. E, poucos minutos depois, o jogador da Raposa foi derrubado por Neris na área. Pênalti, que Rafael Sobis bateu, aos 19 minutos, sem chance de defesa para Thiago Rodrigues.

O Paraná reagiu e chegou ao empate aos 30 minutos. No cruzamento de Júnior, Silvinho apareceu no meio da zaga e empatou: 1x1. O Cruzeiro tentou ser mais agressivo com Sassá e Robinho. Do outro lado, Micale – que já havia sido expulso – colocou Alex Santana no time. O jogo seguiu sem novas oportunidades e terminou mesmo empatado.

 

Paraná Clube 1x1 Cruzeiro

Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Rayan e Igor; Leandro Vilela, Torito González e Caio Henrique; Carlos, Thiago Rodrigues e Silvinho. Técnico: Rogério Micale.

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Léo, Dedé e Hermes; Lucas Silva, Lucas Romero, Robinho e Mancuello; Rafael Sobis e Raniel. Técnico: Mano Menezes.

Local: Durival Britto (Curitiba-PR)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Assistentes: Heronildo Freitas da Silva (PA) e Luís Diego Nascimento Lopes (PA)

Renda: R$ 110.050,00

Público pagante: 5.131

Público total: 6.033

Gols: Sobis (pênalti) aos 19’ e Silvinho aos 30’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Jhonny Lucas, Torito, Carlos, Júnior, Neris, Rayan, Biteco e Igor (Paraná). Ezequiel e Lucas Silva (Cruzeiro)

 

Departamento de Comunicação - PRC