Um novo ciclo

Reformulado, Paraná Clube estreia no Estadual, neste domingo (20), na Vila Capanema
Dado Cavalcanti: time preparado para novos desafios.
Foto: Rodrigo Sanches

O Paraná Clube inicia neste domingo (20) a sua caminhada na temporada 2019. A estreia no Campeonato Paranaense – às 17h, na Vila Capanema, diante do Operário – é cercada de expectativa. Nos 18 dias de pré-temporada, o técnico Dado Cavalcanti procurou dar entrosamento e “uma cara” ao novo time tricolor. Priorizando o condicionamento físico, já avisou que com certeza a equipe que iniciará a competição, dificilmente a terminará.

“As mudanças vão ocorrer. Os ajustes serão inevitáveis. Mas, o mais importante, estamos formando um grupo competitivo e que está pronto para encarar essa maratona inicial”, comentou Dado Cavalcanti, numa referência aos sete jogos em sequência, envolvendo a Taça Barcímio Sicupira Júnior (1º turno do Estadual) e a estreia na Copa do Brasil, dia 6 de fevereiro, diante do Itabaiana-SE.

Dado optou por não antecipar a formação que encara o Fantasma, um adversário perigoso e que, como o Paraná, irá disputar a Série B do Campeonato Brasileiro. O treinador, porém, confirmou as presenças de quatro remanescentes do ano passado: Thiago Rodrigues (que com a saída de Richard assume a camisa 1), Juninho (agora adaptado à lateral-esquerda) e os garotos Keslley e Andrey.

Os meninos, que terminaram a temporada passada em alta, não apenas compõem o grupo de 2019. Durante toda a pré e nos jogos-treinos realizados, eles sempre ocuparam posição de destaque, como titulares da equipe. “Eles têm toda a nossa confiança. Não vamos jogar nos seus ombros a responsabilidade de resolver os jogos. Temos que dar sustentação, com os mais experientes, para que eles possam continuar em ascensão, jogando um bom futebol e cada vez mais conquistando espaço”, disse Dado.

O torcedor que for à Vila Capanema, verá, assim, um bom número de novos jogadores contratados. Muitos dos reforços já iniciarão o jogo desta tarde e outros ficarão no banco de reservas. O zagueiro Eduardo Bauermann acredita que o Paraná está no caminho certo, formando um grupo ambicioso e que, tem como primeiro objetivo o título paranaense, que não é conquistado desde 2006. "Vamos lutar por isso. É o ponto de partida para lá na frente a gente projetar o acesso à primeira divisão nacional", afirmou o zagueiro paranista.

Retrospecto

Paraná Clube e Operário são tradicionais adversários no Campeonato Paranaense. Este ano, pela primeira vez irão se encontrar num Brasileiro. O histórico, mostra ampla vantagem para o Tricolor, com 7 vitórias, contra 3 do Fantasma. Foram registrados 9 empates. Na artilharia, são 29 gols do Paraná e 21 do Operário.

Arbitragem

O jogo desta tarde terá a arbitragem de Paulo Roberto Alves Júnior. Ele será assistido por Wesley Waldir Marmitt e Eduardo Luís Teixeira Furiatti. O 4º árbitro será Daniel Dantas Canário de Melo e o Delegado será Álvaro Rodrigo Ferreira.

 

Departamento de Comunicação - PRC