A um passo das oitavas

Text Resize

-A +A
Triunfo em Salvador dá boa vantagem ao Tricolor
Léo comemora o segundo gol paranista.
Maurícia da Mata

O Paraná Clube deu um passo importante para avançar às oitavas-de-final da Copa do Brasil. Com extrema competência e organização defensiva, o Tricolor disparou 2x0 no Vitória, em pleno Barradão, e trouxe uma enorme vantagem para o jogo da volta, quarta-feira (19), na Vila Capanema. “Foi um prêmio a tudo que a gente vem fazendo desde o início do ano. Conseguimos manter um nível de concentração importante para um jogo como esse e a vitória foi merecida”, disse Wagner Lopes.

O início da partida foi marcado pela pressão do Vitória. Aos 16 minutos, André Lima cabeceou para fora. Pouco depois, Cleiton Xavier desperdiçou duas chances, uma delas em grande defesa de Léo, aos 22 minutos. A partir daí, o Paraná Clube começou a se soltar em campo. Aos 28, Pedro Bortoluzo lançou Renatinho na direita e o tiro cruzado fez Fernando Miguel trabalhar.

Robson, aos 41 minutos, mandou um chutaço de fora da área, por cima do travessão. O Vitória, então, conseguiu chegar num contragolpe preciso. Léo brilhou, fazendo duas defesas, nas finalizações de Gabriel Xavier e, na sobra, de Patric, aos 47 minutos. No minuto seguinte, o Tricolor foi pra rede. Na cobrança de escanteio milimétrica de Renatinho, o zagueiro Airton ganhou da zaga e conferiu: 1x0.

Ainda mais coeso na marcação, o Paraná não deu chances para o Vitória. Argel Fucks tentou de tudo, enquanto Wagner Lopes fez ajustes e aos 27 minutos lançou Guilherme Biteco. O meia decidiu o jogo aos 43. Ele iniciou a jogada, lançou Diego Tavares e entrou na área para conferir o cruzamento: 2x0. Resultado que encerrou uma invencibilidade de 18 jogos da equipe baiana. No jogo da volta, o Paraná pode perder por um gol de diferença para chegar à próxima fase da competição.

 

VITÓRIA 0x2 PARANÁ CLUBE

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires (Paulinho), Cleiton Xavier (Pineda) e Gabriel Xavier (Jhemerson); David e André Lima. Técnico: Argel Fucks.

Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela (Jhony), Gabriel Dias, Nathan e Renatinho (Guilherme Biteco); Robson e Pedro Bortoluzo (Diego Tavares). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Barradão (Salvador-BA)

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)

Renda: R$ 139.859,00

Público pagante: 9.220

Público total: 9.624

Gols: Airton aos 48’ do 1º tempo. Guilherme Biteco aos 43’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Rayan, Nathan e Biteco (Paraná)

Expulsão: Paulinho (Vitória) aos 45’ do 2º tempo

 

Departamento de Comunicação - PRC