Vale a vaga

Text Resize

-A +A
Paraná Clube confia na sua torcida, diante do Bahia
Grupo fechado na briga pela classificação.
Irapitan Costa

O Paraná Clube faz hoje à noite – 19h30, na Vila Capanema – o seu mais importante jogo na temporada. O time de Wagner Lopes recebe o Bahia, em jogo eliminatório valendo vaga na terceira fase da Copa do Brasil. Quem levar a melhor neste confronto vai encarar, na próxima etapa, o ASA-AL. O jogo deveria ter sido disputado no final do mês passado, mas acabou adiado devido à problemas logísticos na chegada da equipe baiana a Curitiba.

Com força máxima, o Tricolor busca a manutenção da invencibilidade dentro de casa e a qualificação para a próxima fase do torneio nacional. “É um jogo fundamental para todos nós, sob todos os aspectos. Por isso, acredito que teremos um grande público e uma atmosfera positiva na Vila Capanema”, disse o zagueiro Eduardo Brock. “Estamos todos focados. A preparação para essa partida começou há bastante tempo”, lembrou.

Para jogadores e comissão técnica, trata-se de um jogo difícil, pela tradição do adversário, mas sem favorito, como chegou a sugerir um funcionário da CBF. “Foi uma colocação equivocada. Mas, se ele pensa assim, cabe a nós provar o contrário”, alfinetou o técnico Wagner Lopes, que não economizou nos elogios ao comportamento do time e também da torcida. “Desde o primeiro momento me encantei com a forma como nosso torcedor abraçou o time. Eles confiam no trabalho e isso é fundamental”, afirmou.

Retrospecto

Esta é a primeira vez que Paraná e Bahia se encontram pela Copa do Brasil. Todos os outros jogos foram válidos pelo Campeonato Brasileiro, das Séries A e B. No geral, os baianos levam a melhor, com 10 vitórias em 18 jogos (3 empates e 5 vitórias do Paraná). Mas, em Curitiba, a vantagem é do tricolor paranaense:  4 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

Reforço

Wagner Lopes ganhou a opção de Guilherme Biteco para o jogo desta noite. Recuperado de um desconforto muscular, ele participou normalmente do apronto de ontem pela manhã, na Vila, e está à disposição da comissão técnica. Quem segue de fora é o meia Zezinho, com uma lesão muscular.

Apito

O jogo de hoje terá a arbitragem de Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP). Os assistentes também são paulistas: Anderson José de Moraes Coelho e Evandro de Melo Lima. O quarto árbitro será José Mendonça da Silva Júnior, do quadro da Federação Paranaense de Futebol.

 

Departamento de Comunicação - PRC