Voltar a vencer

Paraná Clube encara o Vasco, precisando do resultado para encerrar incômodo jejum
Charles deve ser confirmado na zaga paranista.
Foto: Rodrigo Sanches

O Paraná Clube entra em campo com uma única missão: encerrar o jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro da Série A. O Tricolor enfrenta o Vasco-RJ, às 20h, na Vila Capanema, no encerramento da 27ª rodada da competição. O técnico Claudinei Oliveira não antecipou a formação, mas deixou no ar a possibilidade de mudanças significativas, esperando uma reação da equipe, que luta para permanecer na primeira divisão.

O Paraná segue com alguns jogadores lesionados – como Júnior, Igor, Cléber Reis, Nadson e Maicosuel – e outros suspensos – casos de Renê Santos e Rayan. “Vamos buscar as soluções dentro do elenco, se necessário com algumas improvisações. Faz parte”, comentou Claudinei Oliveira, que ainda persegue a sua primeira vitória nesta terceira passagem pelo Tricolor. “É algo que incomoda. A saída é trabalhar cada vez mais e não desistir nunca”, afirmou.

A nova zaga paranista deve ser formada por Jesiel e Charles. Ficam, porém, dúvidas na formação do meio-campo e do ataque e até mesmo as alas podem ser mexidas. No clássico, a comissão técnica escalou Wesley Dias e Mansur nas laterais. Há ainda a expectativa em relação às opções de Claudinei para o setor de criação, já que Nadson e Maicosuel foram vetados pelo Departamento Médico. “É preciso deixar isso de lado e nos concentrarmos naquilo que devemos fazer para marcar gols e vencer”, concluiu Claudinei.

Retrospecto

O Vasco leva pequena vantagem no histórico dos confrontos. São 12 vitórias da equipe cruzmaltina, contra 9 do Paraná Clube e 6 empates, num total de 27 jogos realizados, entre Brasileiros das Séries A e B. Na artilharia, o Vasco tem 37 gols, contra 32 do Tricolor.

Arbitragem

O jogo desta noite terá a arbitragem de Flávio Rodrigues de Souza (SP). Ele será assistido por Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP). O quarto árbitro será João Fábio Machado Brischiliari (PR), com os adicionais Édson da Silva (SC) e Willian Machado Steffen (SC).

 

Departamento de Comunicação - PRC