Copa do Brasil

Text Resize

-A +A
Paraná encara o Vitória, em Salvador
Último treino já foi na Bahia.

O Paraná Clube entra em campo nesta quinta-feira (13), iniciando sua participação na quarta fase da Copa do Brasil. Esta etapa irá definir os cinco “sobreviventes” da maratona que se iniciou com 80 clubes. Estas cinco equipes irão se unir a 11 times pré-classificados e que disputarão as oitavas-de-final da competição. “Vamos em busca desse objetivo. Respeitando o Vitória, sabendo que eles estão num grande momento, mas confiantes no nosso potencial”, avisou o técnico Wagner Lopes.

Vitória x Paraná Clube começa às 19h15, no Barradão em Salvador. O Tricolor defende a sua invencibilidade na competição. Até aqui, com uma vitória e três empates, a equipe paranista superou São Bento-SP, Bahia-BA e ASA-AL. A preocupação do técnico Wagner Lopes é fazer o time voltar a marcar gols, após três jogos de jejum. “Criamos várias situações. Então, temos que avaliar pra encontrar aquele jogador que esteja num melhor momento para colocar a bola na rede”, comentou.

Opções

Para encarar o rubro-negro baiano, o Paraná conta com a volta de Robson, que não atuou pelo Paranaense porque estava suspenso. “A sua presença é certa. Vamos procurar um time equilibrado, capaz de jogar com segurança, mas sem abdicar de atacar”, comentou o treinador. O Tricolor não terá, neste confronto, um de seus principais jogadores do meio-campo. Alex Santana está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A intenção de Wagner Lopes é suprir essa ausência com o retorno de Gabriel Dias, recuperado da lesão que o afastou de jogos recentes.

Retrospecto

O histórico do duelo é marcado pelo equilíbrio. Em 25 jogos realizados, são 10 vitórias do Paraná, contra 9 do Vitória. Ocorreram 6 empates. Na artilharia, um empate técnico: 32 gols paranaenses, contra 33 dos baianos. Porém, em se tratando de Copa do Brasil, a vantagem é do Tricolor. Os clubes já se enfrentaram duas vezes na competição (1996 e 2008) e nas duas deu Paraná.

Arbitragem

O jogo desta quinta terá no apito Wagner Reway-MT. Ele será assistido por Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando, também do Mato Grosso. Diego Pombo Lopez-BA será o quarto árbitro.

 

Departamento de Comunicação - PRC