Últimos ajustes

Em Minas, Wagner Lopes comandou último treino para estreia na Copa do Brasil
Treino foi realizado no estádio do Mamoré, rival do URT.
Irapitan Costa

O técnico Wagner Lopes comandou na tarde desta quarta-feira (31) o último treinamento antes da estreia na Copa do Brasil 2018. Amanhã o Tricolor encara o URT-MG, às 19h15, em Patos de Minas. O apronto foi realizado no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, do Mamoré. “Procuramos fazer os últimos ajustes. Bola parada, correções de posicionamento. Sabemos da dimensão desta competição e não podemos falhar”, disse o treinador paranista.

A Copa do Brasil passou a ser uma competição extremamente atraente. Não somente pela visibilidade, mas também pelo retorno financeiro, com premiação milionária. No ano passado, o Paraná chegou até a 5ª fase do torneio, onde fez bons jogos diante do Atlético Mineiro, mas acabou eliminado. O primeiro impulso de 2017 foi dado no jogo de estreia na competição, contra o São Bento, em Sorocaba. Com um gol nos acréscimos, o Tricolor empatou com o time paulista e seguiu à frente na disputa.

“Temos que jogar com o regulamento. Isso não quer dizer atuar pelo empate”, frisou Wagner Lopes. Por ter a melhor posição no ranking, o Paraná avança com qualquer resultado de igualdade. “É preciso saber usar essa vantagem, mas impondo nosso jogo”, destacou o atacante Felipe Augusto, que vai ganhando espaço neste “novo” Paraná. “Estou num momento legal. Estou procurando aproveitar as chances. Mas, temos que fazer os resultados, pensando no coletivo”, afirmou Felipe Augusto.

Frente ao URT, o Paraná não terá o lateral Júnior, machucado. Com isso, Alemão segue na direita. Para a esquerda (setor em que Júnior foi improvisado jogo passado), Wagner tem duas opções: o deslocamento do zagueiro Rayan ou a estreia de Mansur, último reforço a se apresentar no Ninho da Gralha. A definição do time acontece apenas uma hora antes do início da partida.

 

Departamento de Comunicação - PRC